O que é Call to Action e porque você tem que utilizar o CTA o tempo todo    

Call to Action - O que é Call to Action e porque você tem que utilizar o CTA o tempo todo

Entenda o que é uma Call to Action e veja exemplos e tipos de chamadas que é possível fazer.    

A Call to Action (CTA) é uma ferramenta de marketing que busca incentivar o público alvo a realizar uma determinada ação, como comprar um produto, se inscrever em uma newsletter ou fazer uma doação. Essa técnica é amplamente utilizada em diversas plataformas, desde sites e redes sociais e-mails e anúncios publicitários. No entanto, é importante considerar que o ambiente em que a CTA é apresentado pode influenciar a sua eficácia. Por exemplo, um botão de CTA em um site deve ser bem posicionado e ter uma cor que chame a atenção do usuário, enquanto uma CTA em um e-mail deve ser claro e objetivo para evitar que seja confundido com spam. Assim, é fundamental entender como os diferentes ambientes impactam a eficácia da Call to Action e adaptá-la para cada contexto, a fim de obter os melhores resultados em suas campanhas de marketing. Neste artigo, vamos explorar como a CTA pode ser otimizado para diferentes ambientes e quais são as melhores práticas a serem seguidas para garantir que suas chamadas para ação sejam bem-sucedidas.  

O que você vai ver neste artigo: 

  • O que é call to action?  
  • Veja em quais locais físicos podemos ser impactados pelas call to action 
  • Definir um objetivo em toda campanha antes de sair fazendo call to action  
  • Exemplos de uso e melhores práticas de call to action no meio digital 
  •  As chamadas para ação (CTAs) são amplamente utilizadas no meio digital 

O que é call to action? 

Call to action, ou CTA, é uma expressão em inglês que significa “chamada para ação”. É uma técnica utilizada em marketing e publicidade para incentivar os consumidores a realizar uma ação específica, como fazer uma compra, se inscrever em uma newsletter, baixar um aplicativo, preencher um formulário, entre outras. As chamadas para ação geralmente são personalizadas em forma de botões, links ou frases de incentivo e podem ser encontradas em diferentes meios, como sites, redes sociais, e-mails marketing, propagandas de TV, rádio, entre outros. O objetivo principal do CTA é guiar o consumidor para uma próxima etapa do funil de vendas e, consequentemente, aumentar as chances de conversão. 

Veja em quais locais físicos podemos ser impactados pelas call to action  

• Lojas e estabelecimentos comerciais: os varejistas costumam usar chamadas para ação para incentivar as compras dos clientes, como “Compre agora e ganhe 10% de desconto”, “Leve 2 pague 1” ou “Aproveite a promoção por tempo limitado”. 

 • Transporte público: em ônibus, trens e metrôs, é comum encontrar anúncios e cartazes com chamadas para ação, como “Não deixe de conferir nossa promoção exclusiva para passageiros” ou “Baixe nosso aplicativo para facilitar sua vida no transporte público”.  

• Produtos: em embalagens de produtos, é comum encontrar chamadas para ação, como “Experimente agora” ou “Ganhe um brinde na próxima compra”.  

• Serviços governamentais: em órgãos públicos, como postos de saúde e delegacias, é possível encontrar chamadas para ação, como “Agende sua consulta agora” ou “Faça sua denúncia aqui”. 

 • Mídia exterior: em espaços publicitários em outdoors, placas e letreiros, podemos encontrar chamadas para ação, como “Visite nosso site” ou “Experimente nosso produto”.  

• Eventos: em eventos, como feiras e convenções, é comum encontrar chamadas para ação em estandes 

Definir um objetivo em toda campanha antes de sair fazendo call to action 

 
É fundamental definir um objetivo claro antes de criar uma campanha e uma chamada para ação efetiva. O objetivo pode ser variado, como aumentar as vendas, gerar leads, promover o engajamento ou aumentar o tráfego no site. A definição clara do objetivo ajuda a orientar as decisões e estratégias relacionadas à chamada para ação, bem como a mensuração dos resultados. Isso também ajuda a garantir que a campanha seja clara com os objetivos gerais de marketing e negócios da empresa. Portanto, definir o objetivo é um passo fundamental na criação de uma campanha bem-sucedida com uma chamada para ação efetiva. 

Exemplos de uso e melhores práticas de call to action no meio digital 

1. Use verbos de ação: as chamadas para ação devem ser escritas com verbos de ação, como “Compre agora”, “Assine nossa newsletter”, “Clique aqui”, “Baixe nosso aplicativo”, entre outros. Isso ajuda a deixar claro para o usuário qual a ação esperada dele. 

 2. Seja claro e objetivo: as chamadas para ação devem ser claras e objetivas, para que o usuário entenda facilmente o que deve fazer. Evite frases longas e confusas e dê destaque para o botão de ação, utilizando cores que se destacam na página.  

3. Posicione a CTA em locais estratégicos: a chamada para ação deve ser colocada em locais estratégicos do site, como no topo da página, acima da dobra (parte da página que aparece sem precisar rolar), no final de um artigo ou próximo ao botão de compra. Dessa forma, ela se torna mais visível e aumenta as chances de conversão.  

4. Use cores contrastantes: é importante usar cores que contrastam com o restante da página para destacar a chamada para ação e chamar a atenção do usuário. Cores como verde, azul e vermelho são frequentemente utilizadas para botões de ação.  

5. Ofereça algo em troca: uma forma efetiva de incentivar o usuário a clicar na chamada para ação é oferecer algo em troca, como um e-book gratuito, desconto em uma compra, acesso a um conteúdo exclusivo, entre outros. Isso ajuda a criar um senso de urgência e a incentivar a conversão.  

6. Seja consistente: as chamadas para ação devem estar em consonância com o restante do site ou campanha. O tom de voz, o estilo de escrita e o design devem ser consistentes em toda a plataforma. Isso ajuda a criar uma identidade visual consistente e aumentar a confiança do usuário.  

7. Teste e otimize: é importante testar diferentes chamadas para ação, posições e cores para ver qual funciona melhor para a sua audiência. Isso pode ser feito por meio de testes A/B, onde duas versões da mesma página são testadas com pequenas variações. A partir dos resultados, é possível otimizar a chamada para ação e aumentar a taxa de conversão. Além disso, é importante estar sempre monitorando e analisando os resultados para fazer ajustes e melhorias contínuas. 

As chamadas para ação (CTAs) são amplamente utilizadas no meio digital 

Sites: as CTAs podem ser colocadas em diversas partes do site, como banners, pop-ups, formulários, rodapé, entre outros. Elas podem ter como objetivo promover uma oferta especial, incentivar a inscrição em uma newsletter, solicitar um orçamento, entre outros.  

E-mails: como as CTAs também são frequentemente usadas em e-mails de marketing, sendo colocadas em botões ou links que direcionam o usuário para uma página específica. Elas podem ser usadas para promover um produto ou serviço, incentivar o download de um conteúdo, entre outros.  

Redes sociais: as CTAs podem ser usadas em anúncios pagos ou em publicações orgânicas em redes sociais, como Facebook, Instagram e Twitter. Elas podem incentivar o usuário a visitar o site, fazer uma compra, se inscrever em uma lista de e-mails, entre outros.  

Blog: como as CTAs podem ser usadas em posts de blog, como botões ou links que incentivam o usuário a ler outro post relacionado, faça o download de um e-book ou se inscreva em uma newsletter.  

Em resumo, como as CTAs podem ser usadas em diversos pontos de contato com o usuário no meio digital, com o objetivo de incentivar a conversão e aumentar o engajamento. 

Subscribe
Notify of
guest
1 Comentário
Oldest
Newest
Inline Feedbacks
View all comments
тенниси бк
тенниси бк
9 meses atrás

Спасибо за предоставленную информацию