Sua empresa está preparada para o Black Friday?

Já preparou sua estratégia de vendas para o Black Friday? Já passamos da metade do ano e uma das datas mais importantes do segundo semestre para o comércio se aproxima: o Black Friday.

A data criada nos Estados Unidos é tradição desde 1950, com consumidores aguardando em longas filas e descontos altos nas lojas, o Black Friday chegou ao Brasil em meados de 2010 com campanhas online em grandes lojas de varejo.

E logo que chegou no Brasil, a ideia sofreu com a rejeição por falsos valores vindos de alguns anunciantes e chegou a ser chamada de Black Fraude. Mas hoje, existem empresas que cuidam da preparação para a data e que monitoram os aumentos excessivos dos preços pré-evento.

Black Friday: por que se preparar?

Segundo dados da Google e Provokers, o Black Friday se tornou a segunda data sazonal mais importante do Brasil ficando atrás apenas do Natal. Desde a chegada da data comemorativa no país, houve um aumento de 42% em compras feitas de 2013 até 2016.

A pesquisa aponta que 68% dos entrevistados têm a intenção de fazer compras no Black Friday deste ano, comparado a 61% do ano anterior. Dentro disso todos os tipos de produtos em diversas categorias tem se esforçado para garantir um preço interessante para o consumidor, assim garantir a venda do produto.

Como se preparar?

Por mais que a data já esteja entrando na rotina do brasileiro, sua empresa não deve confiar apenas na memória do consumidor para garantir a venda. Anunciar é uma arma muito importante para garantir uma venda efetiva com anúncios no site, e-mail marketing e campanhas online que têm tido um crescente impacto na audiência.

Outro ponto a ressaltar é que o consumidor não vem só pelo anúncio na rede social, muitas vezes ele faz a pesquisa pelo produto ou marca em buscadores como Google, Yahoo e Bing. Para que seu produto e marca esteja bem ranqueada é importante um serviço de marketing de conteúdo com ênfase em SEO (Search Engine Optimization).

Atente-se ao hábito do consumidor

Observe que o consumidor começa a pesquisar sobre os produtos interessados, cerca de 15 dias de antecedência. Esteja preparado: por mais que a maioria compre na data, existem pessoas que compram na quinta-feira ou no final de semana.

Conquiste ou mantenha a confiança do consumidor na sua marca ou produto oferecido, um dos grandes problemas com o Black Friday é que as pessoas ainda tem desconfiança se estão comprando um produto com valor vantajoso ou se estão sendo enganadas, neste momento é necessário ser transparente com o consumidor para não prejudicar sua marca.

Considere ter diferentes tipos de descontos, por exemplo desconto à vista ou para pagamento no boleto são bem atraentes para as pessoas que compram na data, cerca de 34%. Por isso é importante se planejar desde já para que você possa aproveitar esta data e vender mais, fazer novos clientes e fidelizá-los.

A Monolito pode ajuda você a construir seu plano de marketing para o Black Friday, entre em contato conosco e comece agora.